Clínica

Tratamentos Realizados:

Controle da dor

Nem toda dor tem início por causa de algum componente físico. Algumas delas são originadas, ou aumentadas, por questões psicológicas.

Disfunções sexuais

Quando elas não ocorrem por uma questão fisiológica, é bastante comum que sejam em decorrência de traumas psicológicos, questões culturais, crenças limitantes, etc. Nesses casos, a hipnose torna-se uma excelente ferramenta terapêutica.

Estresse

O estresse é algo necessário, uma vez que motiva o ser humano a agir. Contudo, em demasia, provoca inúmeras situações de desconforto e/ou transtornos na vida das pessoas.

Depressão

“Você consegue sair desta, basta querer!” “Tenha coragem!” Essas e outras frases são ouvidas de familiares e amigos pelas pessoas com depressão. Entretanto, esse é um estado que necessita, em geral, de auxílio profissional.

Emagrecimento

“Você tem a autoestima baixa por causa do sobrepeso? Deseja emagrecer, mas não consegue manter o foco? Tem algum problema de saúde por causa do sopreso? Muitas pessoas passam por esses desafios e encontram auxílio na hipnoterapia direcionada para o processo de emagrecer.

Preparo Físico

A sua mente pode potencializar seu rendimento físico, basta que seja programada com esse objetivo.

Fobias, Pânico e Ansiedade

O medo é algo inerente do ser humano e causa sintomas que servem para alertar sobre um perigo iminente. Os mesmos sintomas são percebidos por pessoas em crises de fobia, pânico, ou ansiedade, sem, contudo, que estes tenham uma razão explicável ou consistente.

A terapia realizada no nosso Instituto é de cunho psicológico. Assim sendo, em muitas situações, se faz necessário o trabalho multidisciplinar com outros profissionais da área de saúde.

Como funcionam as sessões?

Elas duram, em média, uma hora. Inicialmente, fazemos a anamnese, que é uma entrevista inicial onde são obtidas informações primordiais para a escolha e direcionamento do tratamento.

Quantas sessões por tratamento?

Não dá para precisar, porque cada sujeito é único e traz uma demanda específica, respondendo de maneira diferente às conduções da terapia.

Qual o valor da sessão e/ou tratamento?

Entre em contato pelos telefones: (71) 4101-2016 e 9 8519-2326 (whatsapp) para saber mais.

Hipnose

Hipnose: o que é?

O processo hipnótico consiste em um estado alterado de consciência, em que o paciente encontra-se em relaxamento profundo, e com "superconcentração" em um único foco, de maneira natural ou induzida por um profissional, ou pelo próprio sujeito, no caso da auto-hipnose. Existem várias conduções do transe hipnótico, uma delas é a sugestão de algumas “programações” que são aceitas, pelo sujeito. Essas programações servirão para que a pessoa aja de forma diferente diante de determinadas situações. Com o passar do tempo, essas ações acabam se tornando um bom hábito, que foi desejado e solicitado pelo cliente.

Como pode ser utilizada a hipnose?

  • Como ferramenta para estimular o equilíbrio psíquico e físico de pessoas ansiosas ou expostas a muito estresse;
  • Como auxílio para tornar a pessoa capaz de controlar funções como o fluxo sanguíneo, temperatura, respiração, entre outros, para eliminar sintomas que causem desconforto;
  • Como estímulo para liberação de memória reprimida e sensações, especialmente produzindo catarse (descarga afetiva), e funcionando como técnica terapêutica ou tratamento profilático prevenindo, ou atenuando sinais e sintomas de pacientes que sofram com doenças psicossomáticas;
  • Como recurso para analgesia, anestesia, ou alivio da dor;
  • Nos diferentes setores da clínica e cirurgia, notadamente em obstetrícia, como a indução do parto sem dor;
  • No controle de hábitos como o tabagismo;
  • Experimentalmente, em pesquisas no campo psicológico e/ou neurofisiológico.
  • A hipnose não é indicada para pacientes que não conseguem distinguir o real do imaginário, a exemplo dos esquizofrênicos.

Confira mais informações no Blog


Hipnose: Para que serve

O uso da hipnose para fins terapêuticos é conhecido como Hipnoterapia. Nesse caso, é utilizada como meio de acesso a níveis inconscientes, com o objetivo de ampliar competências, mudar padrões comportamentais e estabelecer relações profundas de comunicação do hipnotizado consigo e com os outros.

Auto-hipnose é uma técnica baseada em relaxamento, destinada a mergulhar em um estado hipnótico, para se conectar com o seu inconsciente. As pessoas que se utilizam da auto-hipnose entram no estado de transe e acessam os recursos dos quais necessitam para enfrentar desafios, promover autocontrole e se beneficiarem das possibilidades do transe formal.

A auto-hipnose também é indicada para aqueles pacientes que tiveram alta, mas foram aconselhados a seguir adiante com o tratamento, sem o acompanhamento do terapeuta.


Hipnose: Desmistificando

Durante muito tempo, a hipnose foi associada ao ocultismo, ou vista como algo que transformava as pessoas em “zumbis”, subjugadas à vontade do hipnotizador. Isso por causa, dentre outros fatores, das apresentações de hipnose mostradas, de forma equivocada, em palcos e filmes. No Brasil, ainda houve outro agravante: a proibição da prática da hipnose, pelo presidente Jânio Quadros, através do Decreto 51.009 de 22/07/1961, que durou até a gestão do presidente Fernando Collor de Mello. 

Atualmente, inúmeras pesquisas, principalmente na área das neurociências, já provaram a eficiência da hipnose na terapia, analgesia, ou até mesmo anestesia.


Psicanálise

A cura pela fala. Teoria fundada pelo médico neurologista Sigmund Freud, a Psicanálise tem como princípio a compreensão de que nossos comportamentos e sentimentos são regidos por desejos inconscientes. O objeto de estudo da psicanálise é o inconsciente e a principal porta de acesso a ele, utilizada pelos psicanalistas, a associação livre.

Sonhos, esperanças, desejos e fantasias, além das experiências vividas nos primeiros anos de vida, dentre outros, são assuntos de interesse do analista durante uma sessão com o analisado, que é solicitado dizer tudo que está pensando. O profissional busca criar um ambiente seguro, através de uma postura empática, neutra e livre de julgamentos, para que o analisado se sinta confiante para falar sobre seus conteúdos reprimidos.

A psicanálise, em resumo, é uma terapia que consiste na interpretação das palavras, ditas durante a sessão, bem como os aspectos inconscientes implícitos nelas, em concomitância com as ações do paciente. 

Confira mais informações no Blog


Coaching

O Coaching tem o objetivo de potencializar e acelerar o alcance de grandes e efetivos resultados no desenvolvimento do potencial do sujeito e no mundo dos negócios. Por ser um processo completamente flexível, pode ser aplicado em qualquer contexto e direcionado aos profissionais de todas as áreas e empresas de diferentes portes e segmentos.

No Coaching existem dois grandes nichos principais: o Pessoal - direcionado para as áreas familiar, relacionamento, esportivo, financeiro, nutricional e inteligência emocional. E o de Negócios – voltado para o mundo corporativo, carreira, concursos, equipes, comunicação e liderança.


Entre os inúmeros benefícios do Coaching estão:

  • Desenvolvimento pessoal e profissional;
  • Alinhamento de valores e missão de vida;
  • Equilíbrio e inteligência emocional;
  • Desenvolvimento de novas competências e aprimoramento de habilidades;
  • Melhora na qualidade de vida;
  • Motivação e trabalho em equipe;
  • Cumprimento de metas e prazos;
  • Comunicação eficaz e assertiva;
  • Planejamento estratégico;
  • Melhor gestão do tempo;
  • Desenvolvimento de futuros líderes.

Confira mais informações no Blog

Cadastre-se e receba nossas Novidades